No Banner to display

25
jul 12

Mesa pra quantos?

 

É até comum encontrar um homem almoçando ou jantando sozinho em um restaurante badalado das grandes metrópoles… mas quando o assunto é “mulher sozinha” (desacompanhada!), inevitável muitos olhares, risadinhas e até cutucões. Vai entender…

O fato é que viajo sozinha, a trabalho ou por lazer. E não tenho a menor vergonha ou acanhamento de entrar em um restaurante sozinha, muito menos se for pra comer bem.

Já me aconteceram alguns fatos engraçados nessas andanças.

Crédito da foto do garçom: melhoresbaresdorio.com.br

Cheguei (eu e algumas sacolas!) por volta de 13h pra almoçar no Almanara da Oscar Freire (em Sampa City) e fiquei defronte o wait to be seated (leia-se: o local onde aguardamos mesa) o maître aproximou-se em seguida e questionou: Boa tarde senhora, mesa pra quantos?

Eu no maior bom humor respondi: Vocês servem uma mulher sozinha nesse restaurante?

Ele caiu na risada e me disse: claro, vou providenciar uma mesa ótima para a senhora poder observar o movimento. Enfim, alguém entendeu o espírito da coisa. Ótimo mas, raro. Tudo que eu queria era comer bem. PONTO.

Outra situação hilária foi no Piantella. Restaurante tradicionalíssimo de Brasília. Preços salgadinhos. Localizado no SCLS 202 …

Quem conhece o lugar sabe exatamente o que eu estou dizendo: 99,95% das mesas são ocupadas por homens engravatados, sendo que provavelmente 99% são políticos… E eu lá, querendo provar o tão famoso profiteroles deles. Pra que?

Almocei, de olhos grudados no meu brinquedo (aka tablet), me divertindo horrores com a cara de espanto dos frequentadores e também dos garçons. Afinal eu sou mulher e ousara almoçar sozinha, em plena quarta-feira em um lugar como aquele. Quase um pecado né!!! Gente estranha não? O fato é que foi o MELHOR profiteroles que comi na vida. Valeu!

 

Recentemente minha amiga Carol encarou, sozinha, uma viagem pra Noronha. Sei o que é ousar assim e adoro!!! Quem conhece Noronha também entende né? 🙂

E você?

Tens coragem de viajar sozinha?

Tens coragem de sentar sozinha em um restaurante badalado?

Me conta vai! Que tu não é baú pra guardar segredo!

Acompanhe as novidades direto no Facebook, clique aqui.

 

 
Luciana Anjos disse:

Isso acontece comigo com muita frequencia, aqui no interior do estado, almoçar nem é de tudo tão espantoso assim… mas a janta aff, sento lá em Cáceres, lá em Pontes e lacerda e observo os garços cochichando ( é assim que escreve?) rsss, incrivel isso, como você mesmo disse, parece até um pecado, ou um insulto contra classe masculina… eu heim! bjinhos

kkkkkkkkkkkkkk amiga, é exatamente isso…
é mtoooooo engraçado, parece mesmo uma OUSADIA a gente ter coragem de sentar sozinha!
quando viajo a trabalho com nosso pessoal (99% homens) também é a falação… rs…
bjos, sdd!
P.S.: tô AMANDO a Fátima! RAH

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados com *

  • Copyrigth 2011 - Marido na Cozinha - Todos os direitos reservados.