No Banner to display

14
set 14

Glúten

 

 

O glúten é uma proteína presente no trigo, centeio, cevada e aveia.

Importante lembrar que apenas a aveia brasileira contem glúten, devido a contaminação cruzada no plantio e nas máquinas de colheita. Já existe no Brasil aveia sem glúten ok?

maridonacozinha_gluten
Glúten não faz bem a ninguém, não só celíacos ou intolerantes deveriam tirar esse item da alimentação, todos nós deveríamos tirar.

Por que?

Porque ele é indigerido pelo organismo, chegando ao intestino em forma de macromoléculas e lesionando as vilosidades intestinais, fazendo com que nosso intestino fique permeável, acarretando assim, a passagem de vários microorganismos causadores de doenças.

Quando a permeabilidade intestinal está aumentada, o intestino ao se deparar com essa macromolécula, entende que precisa combater esse corpo estranho, e por isso manda os anticorpos de defesa, esses anticorpos atacam nosso próprio organismo, atacam nosso órgão choque, nosso ponto fraco, causando as doenças auto imunes.

Além disso, causa a morte de grande parte da nossa flora intestinal, essa é responsável pela produção de 80% da serotonina do nosso organismo, pela produção do GLP1 (hormônio causador da saciedade) e ainda modula a imunidade!!

Quando a flora está prejudicada, temos mais fome, aumento da gula e da vontade de doces e baixa imunidade, ficamos muito susceptíveis a enfermidades. Uma pessoa com a flora intestinal fortalecida e saudável, dificilmente adoece.

A ingestão de glúten causa: dores crônicas, enxaqueca, doenças auto imunes, doenças cardíacas, vicio, alopecia, asma, aborto, infertilidade, amenorreia, flatulência, dores abdominais, diarreia, constipação, rinite, otite, sinusite, bronquite, dermatite, artrite, dor nos ossos, agressividade, esquizofrenia, depressão, TDAH, impaciência, stress, afta, cândida, herpes, câncer, azia, desnutrição, refluxo, colite, lúpus, autismo. Portanto, o gluten não causa só sintomas gastrointestinais, vai muito, muito além disso!

O glúten forma uma cola no intestino, impedindo que os nutrientes ingeridos, sejam absorvidos, causando desnutrição e déficit de vitaminas e minerais.

Nem sempre é possível zerar o glúten da nossa alimentação, então deixo o consumo de glúten pra eventos especiais, jantares e almoços com amigos ou aniversários.

Procure um nutricionista e receba as melhores orientações para sua alimentação e saúde.

faixaliviaattie

 

 
Tags: , , , , , , , , ,

Nossa! Sabia que glúten fazia mal, mas não sabia que fazia tanto mal assim!! Adorei a matéria, bastante esclarecedora. Adeus glúten!!!!

Cacau disse:

Não concordo! Dieta isenta de glúten é para celíacos e ponto final! Nestas pessoas o glúten provoca danos na mucosa do intestino delgado, impedindo uma digestão normal. O resto é moda e mídia!

Aconselho a autora citar as referências dos estudos CIENTÍFICOS em seus artigos, como por exemplo, os que comprovam os malefícios do glúten para pessoas sadias!

Quando se fala de dieta isenta do glúten, só concordo quanto à redução ou ao controle do peso: pois a maioria dos alimentos que contém a “PROTEÍNA GLÚTEN”, também são ricos em carboidratos (pães, massas, biscoitos, bolos, salgadinhos, barras de cereais, quibe, pizzas, molhos brancos, granola, empanados, farinha de rosca, cerveja, whisky e vodka de cereais); estes sim engordam, incham e são bem comuns na mesa do brasileiro (e tirando estes alimentos da dieta fica fácil emagrecer né?!)

Enfim, como profissional da área da saúde, costumo dizer que equilíbrio é o caminho do meio: nem restrição, nem abuso.

Contudo e definitivamente, não concordo em dizer que TODOS DEVERÍAMOS TIRAR O GLÚTEN! A Nutrição é uma ciência e uma das principais diretrizes desta é o respeito a INDIVIDUALIDADE BIOLÓGICA: ninguém é igual a ninguém e isso deve ser considerado. Por isso deve-se evitar dar uma conduta/opinião influenciável como se fosse uma receita de bolo para todos…

Bom, não escrevo para polemizar ou diminuir. Tenho minha opinião, meu trabalho, minha conduta e principalmente, responsabilidade profissional; a autora do texto têm outras e eu a respeito. Parafraseando Voltaire: “Posso não concordar com o que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo”

Obrigada pela sua contribuição Cacau. Seja bem-vinda. Abraços, Larissa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado
Campos obrigatórios são marcados com *

  • Copyrigth 2011 - Marido na Cozinha - Todos os direitos reservados.